A S.O.S TRUCK SE PREOCUPA COM SUA SAÚDE

Ser caminhoneiro requer uma grande responsabilidade. Além das manutenções do seu bruto, sua saúde está “em dia”? Diversas notícias sobre acidentes causados por mal súbitos acometido em caminhoneiros, são frequentes, isso ocorre pela falta de ter uma rotina de exames preventivos, alimentação mais saudável e cuidados com a saúde.

Informação nunca é demais, por isso, vamos falar hoje sobre uma síndrome pouco conhecida, mas que afeta centenas de pessoas. Já ouviu falar em Síndrome Metabólica?

O Ministério da Saúde explica: “O termo Síndrome Metabólica descreve um conjunto de fatores de risco que se manifestam num indivíduo e aumentam as chances de desenvolver doenças cardíacas, derrames e diabetes. A Síndrome Metabólica tem como base a resistência à ação da insulina (hormônio responsável pelo metabolismo da glicose), daí também ser conhecida como síndrome de resistência à insulina. Isto é: a insulina age menos nos tecidos, obrigando o pâncreas a produzir mais insulina e elevando o seu nível no sangue. Alguns fatores contribuem para o seu aparecimento: os genéticos, excesso de peso (principalmente na região abdominal) e a ausência de atividade física. A síndrome metabólica é uma doença da civilização moderna, associada à obesidade, como resultado da alimentação inadequada e do sedentarismo. ”

Por conta de uma rotina extremamente corrida, os caminhoneiros não costumam ter uma alimentação saudável e muito menos praticar exercícios. Dessa forma, correm um alto risco de possuir essa síndrome.

Os fatores de risco de acordo com o Ministério da Saúde são: 

  1. Grande quantidade de gordura abdominal, (em homens, cintura com mais de 102 cm e nas mulheres maior que 88 cm);
  2. Baixo HDL (“bom colesterol”): em homens, menos que 40mg/dl e nas mulheres menos do que 50mg/dl;
  3. Triglicerídeos elevados (nível de gordura no sangue): 150mg/dl ou superior;
  4. Pressão sanguínea alta: 135/85 mmHg ou superior ou se está utilizando algum medicamento para reduzir a pressão; – glicose elevada: 110mg/dl ou superior.

Caso você tenha três ou mais dos fatores acima é um alerta da presença da resistência insulínica. Mas o que isso significa? Seu organismo está necessitando de mais insulina do que a quantidade normal para se manter em bom funcionamento e manter os níveis de glicose normais.

É importante citar que muitas das pessoas que possuem a Síndrome não percebem, por se sentirem bem, mas estão com um alto risco de desenvolverem doenças graves, como as cardiovasculares e o diabetes.

O tratamento e a prevenção da Síndrome Metabólica são parecidos, mantenha uma alimentação adequada e pratique exercícios. Medicamentos também podem ser necessários em alguns casos, então, caso você tenha se identificado com algum desses sintomas citados acima, procure um médico.

Nós, da S.O.S TRUCK, estaremos presentes no dia 5 de fevereiro no Ecopátio de Santos em uma ação com médicos dando orientações, aferindo pressão arterial e fazendo uma anamnese gratuita para todos os caminhoneiros. Caso estejam no trecho, esperamos vocês! Sua saúde é muito importante.

Fontes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *