ONDE HÁ FUMAÇA, HÁ FOGO. CUIDADOS COM AS QUEIMADAS NAS ESTRADAS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) alerta os motoristas sobre o risco frequente de queimadas nas rodovias brasileiras, principalmente no período de estiagem, que acontece entre os meses de julho a setembro. Em época de escassez de chuvas e baixa umidade do ar, a vegetação fica suscetível às queimadas.

Apesar do clima seco, a principal causa dos incêndios ainda é a ação humana, com atitudes que prejudicam o meio ambiente, como, por exemplo, o descarte de bitucas de cigarro pelas janelas dos veículos. Nas margens das rodovias, essa ponta acesa serve de estopim que, muitas vezes, inicia grandes incêndios na vegetação seca.

Para os motoristas, o principal problema advindo dos focos de queimadas é a fumaça, que além de diminuir a visibilidade e aumentar consideravelmente o risco de colisões traseiras e acidentes em rodovias do país, é altamente prejudicial à saúde. A inalação da fumaça vinda de incêndios pode provocar mal estar e confusão mental nos condutores do veículo, incluindo intoxicações respiratórias, que podem causar desmaios e, em situações mais graves, levar à morte.

Ao viajar sob essas condições, o condutor nunca deve atravessar a cortina de fumaça. Se, por acaso, acabou entrando em uma situação assim inadvertidamente, o recomendável é o motorista permanecer com o farol de luz baixa aceso, reduzir a velocidade, manter os vidros fechados, ligar o sistema de ventilação interna do veículo e seguir em frente. Jamais deve parar no meio da cortina de fumaça pois isso pode ocasionar graves colisões.

Saber o que fazer em caso de incêndio na rodovia ou proximidades pode ajudar a salvar vidas. A principal dica é redobrar a atenção nesses trechos de fumaça e reduzir a velocidade. Ao avistar um foco de incêndio, seria bom o motorista parar o caminhão com segurança distante do local e notificar a Polícia Rodoviária Federal pelo número de emergência 191.

Precaução nunca é demais. Para evitar colisões provocadas pela restrição à visibilidade, a Polícia Rodoviária Federal dá dicas a motoristas que vão enfrentar estradas em áreas de incêndios.

Medidas de autoproteção em caso de você se deparar com  incêndio na rodovia e não teve como evitar a travessia:

– Fechar os vidros do veículo, para evitar a inalação da fumaça;

– Redobre a atenção: a fumaça reduz a visibilidade;
– Diminua a velocidade do caminhão, mas sem freadas bruscas;
– Mantenha o farol aceso em luz baixa, mesmo de dia;
– Mantenha sempre uma distância segura do veículo à frente;
– Sinalize todos os movimentos que fizer utilizando as setas indicativas;
– Nunca pare na pista;
– Caso necessite parar, vá para o acostamento e sinalize sua localização.

Dica útil sempre:

– Faça sua parte, não jogue cigarros acesos às margens das rodovias. Respeite o meio ambiente e pratique a cidadania, nunca atire nenhum tipo de lixo pela janela do veículo. Tenha sempre um saquinho de lixo na cabina de seu caminhão e descarte-o no local certo no fim de cada viagem ou em lixos dispostos nos postos de serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *